EXPLORANDO AS IMPLICAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DA MUDANÇA DO NÚCLEO PETROLÍFERO BRASILEIRO: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE OS PRINCIPAIS MUNICÍPIOS RECEBEDORES DE PETRORRENDAS DAS BACIAS DE CAMPOS E SANTOS

Autores

  • Luíza Lisbôa Naegele Instituto Federal Fluminense
  • Romeu e Silva Neto Instituto Federal Fluminense - IFF

DOI:

https://doi.org/10.36398/bprr.v22i74.152

Palavras-chave:

Economia Fluminense, Indústria do petróleo, Efeitos Socioeconômicos, Pré-sal, óleo e gás, Royalties

Resumo

O mercado brasileiro de petróleo e gás natural tem se delineado por um processo evolutivo e de profundas transformações no âmbito legal, econômico, estratégico e até mesmo tecnológico. O dinamismo dessas mudanças impõem novas óticas que carecem de investigações uma vez que este setor é um dos motores priomordiais da economia nacional. O presente trabalho, que busca compreender os impactos nos principais municípios petrorrentistas frente a transição do cerne da exploração petrolífera da Bacia de Campos para a Bacia de Santos, foi elaborado com dados oriundos de bases consolidadas, relatórios oficiais de órgãos governamentais e os indicadores da RAIS, IDHM, IFDM e ISDC. As conclusões revelam, nesse caso, que o recebimento de royalties e participação especial não tem gerado melhorias substanciais na qualidade de vida de Campos dos Goytacazes, Macaé, Niterói e Maricá. O estudo aponta para a necessidade imediata de realiavaliação das políticas públicas e estratégias para alavancar as vantagens obtidas dessas riquezas naturais e diminuir os efeitos negativos associados.

Downloads

Publicado

2024-02-17